Salamandra

Sabem o que eu pedi de presente de Natal ao Luís Brüeh? Uma salamandra!! E vejam só como ela ficou linda! =D

Salamandra

Salamandra, arte de Luís Brüeh.

Diz ele que essa caveira aí no meio é o Dharon!! Hahaha… Bom, sem comentários. Se encontrasse um bicho desses na rua, eu apenas correria pela minha vida.

Aproveite para conhecer um pouco mais sobre essa fera mágica!

 

Salamandra

 
Vivendo nas profundezas dos vulcões, a salamandra raramente é encontrada em outras regiões de Myríade. Nenhum humano é capaz de vê-la em seu habitat natural, devido às altas temperaturas. Por isso, grande parte do conhecimento sobre ela foi trazido pelos pistiros, quando este povo emergiu à superfície.

A salamandra é um réptil de proporções descomunais. É capaz de cuspir fogo, e suas presas guardam um veneno mortal. Possuem asas, mas não são capazes de voar. Seus olhos mudam de cor de acordo com fatores internos, como o sentimento de dor, fúria ou prazer.

Na antiguidade, quando a população de salamandras era mais numerosa, reuniam-se em grupos para caçar os Grandes Lobos da Montanha. Hoje, são raras. E não se sabe qual motivo levaria uma delas a atacar uma pequena vila de humanos…

Salamandra de fogo

A salamandra que aparece na contracapa do livro. Arte de Luís Brüeh.

Você pode ler mais sobre diversos aspectos do universo fantástico de Myríade, em Wiki de Myríade.

Beijos!
Karen Soarele

3 thoughts on “Salamandra

  1. Oi, Karen.

    Ficou muito bom o desenho, parabéns ao Luís!

    Beijos!

  2. Incrível o livro!se depender de mim é sucesso na certa!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master