Dicas para escritores no podcast Papo de Autor

Dicas para novos autores

Oi, pessoal!

Eu aprendi muito ao longo desses cinco anos de carreira literária. Aprendi estudando, aprendi fazendo — ou seja, efetivamente escrevendo e divulgando meus próprios livros — e aprendi conversando com outros autores e trocando experiências. E sempre tive o maior prazer em compartilhar o meu aprendizado e incentivar mais pessoas a colocarem as ideias no papel e escreverem seus próprios livros. Aliás, a página mais acessada deste meu site é, de longe, o artigo Como registrar seu livro na Fundação Biblioteca Nacional (guia passo-a-passo).

Agora, estou com um novo projeto. no podcast Papo de Autor, eu convido diversos escritores publicados a compartilharem suas experiências. Em episódios de mais ou menos uma hora, nós falamos sobre nosso processo criativo e o mercado editorial. E agora eu convido vocês a escutarem também! 😀 Temos episódios todo terceiro sábado do mês. Três deles já estão no ar! Confiram:

 

 

 

 

Espero que seja útil para vocês! Para quem quiser ficar por dentro dos próximos episódios, temos também um grupo no Facebook.

Abração!

Karen Soarele

Entrevista para o canal Ser ou Não Sei

Ontem dei uma entrevista ao vivo para o canal Ser ou Não Sei. O vídeo continua disponível no Youtube, então você ainda pode assistir! 😀

Nessa entrevista, falamos não apenas sobre meus livros, mas também sobre o meu trabalho como ilustradora e a minha vinda para o Canadá.

Tira-dúvidas: Posso registrar apenas o título do meu livro, ou a ideia?

Nessa série de vídeos de tira-dúvidas, Karen Soarele aborda aspectos relacionados à escrita, ao registro e à publicação de livros. Hoje vamos responder a uma dúvida que já chegou diversas vezes por e-mail: “Posso registrar apenas o título do meu livro, ou a ideia?”

Tira-dúvidas: Sou obrigado(a) a registrar meu livro na Fundação Biblioteca Nacional?

Para aqueles que têm dúvidas quanto a registro de livro e outras questões afins, iniciei agora uma série de vídeos que pode ajudar. 🙂 Nesses vídeos, eu respondo às questões mais frequentes e mais relevantes sobre o assunto. Você pode assistir e pode também enviar a sua pergunta.

2ª Edição de A Rainha da Primavera

 
Olá, pessoal!
Ontem eu anunciei no Facebook que será lançada a 2ª edição de A Rainha da Primavera! É uma alegria enorme para mim, e eu gostaria de aproveitar a ocasião para compartilhar com vocês a história da criação desse livro. Poucos sabem, mas ela se mistura completamente com a minha trajetória como autora e me marcou muito. Fico feliz em contar para vocês!

Exemplares da 1ª Edição de A Rainha da Primavera.

Exemplares da 1ª Edição de A Rainha da Primavera.

A série Crônicas de Myríade está sendo construída na minha cabeça há quase quinze anos, mas apenas em 2010 tomei coragem para reestruturar todo o universo e começar, de fato, a escrever histórias que se passassem nele. Mas não comecei, de cara, a escrever a série. Primeiro eu fiz um teste, resolvi começar por uma jornada mais simples. Assim surgiu A Rainha da Primavera.

Começando por algo mais curto, provei para mim mesma que era capaz de contar uma história interessante, com uma boa dose de ação, e que transportasse os leitores para um mundo completamente novo. É claro que mais tarde precisei revisar milhões de vezes, mas, naquele momento, me dei por satisfeita e iniciei o maior projeto da minha vida (até agora!): a Série Crônicas de Myríade.

A Rainha da Primavera e Línguas de Fogo.

A Rainha da Primavera e Línguas de Fogo.

O meu primeiro livro lançado foi Línguas de Fogo, que logo se mostrou um sucesso! Mas não vou falar muito dele, afinal de contas, não é esse o assunto de hoje. A questão é que os leitores se divertiram bastante em Myríade e pediram mais. Mas Tempestade de Areia ainda não estava pronto, então o que fazer?

Bem… havia uma história sobre Myríade bem guardadinha na minha gaveta. Inicialmente, eu não pretendia publicá-la. Porém, descobri que ela poderia acalmar a ansiedade dos leitores enquanto eu me dedicava ao próximo livro. E, por ser uma história que não dependia de Línguas de Fogo, também cumpriria o papel de mostrar meu trabalho para novos leitores.

Foi um lançamento tímido, sem evento, sem livro físico, sem convidar a família. Apenas coloquei o PDF no meu blog e o enviei gratuitamente a quem tivesse interesse. Olhando para trás, acredito que não dei todo o valor que a história merecia.

Distribuído gratuitamente em diversos sites.

Distribuído gratuitamente em diversos sites.

De repente, A Rainha da Primavera se espalhou pela internet que nem fofoca de celebridade. Imaginem só a minha surpresa quando recebi as primeiras resenhas! Só nos canais de download oficial (link no meu site, Amazon, Issuu e Slideshare), mais de 85.000 pessoas entraram em contato com o material! Não faço ideia de quantos leram em outros sites, assim como não tenho como saber quantos concluíram a leitura. Mas, pelo feedback que tenho recebido, vejo que esse livro fez a alegria de muita gente.

E a aventura de Flora que, no início, era apenas uma “lenda remota”, entrou em definitivo para a história de Myríade. Mesmo sua leitura não sendo obrigatória para compreender a série principal, muitos dos personagens fazem referência a ela, e os acontecimentos ali narrados se mostram cada vez mais importantes.

É claro que recebi críticas. Resumindo, foram duas: os leitores queriam que o livro fosse mais longo, e também queriam que fosse impresso.

A essa altura, eu já estava trabalhando em Tempestade de Areia e não iria interromper a escrita para mexer em A Rainha da Primavera. Mas, se os leitores queriam o livro impresso, isso era fácil de fazer. Enviei o arquivo para um site que imprime os livros um a um. O custo unitário era alto, eu ganhava quase nada com a venda, mas o importante é que podia fazer pedidos pequenos, de tempos em tempos.

Mais uma vez, os leitores fizeram o meu dia! Assim que a versão impressa estava à venda, os primeiríssimos a comprarem foram justamente aqueles que já tinham lido. Eles apenas esperavam pela oportunidade de ter um exemplar na estante.

Opiniões publicadas em blogs. Na ordem: 1) Tumblr E o mundo terminou em livros; 2) Blog Como um Refúgio, por Thyale Ferraz; 3) Blog Da Imaginação à Escrita, por Samantha Rosa.

Opiniões publicadas em blogs. Na ordem: 1) Tumblr E o mundo terminou em livros; 2) Blog Como um Refúgio, por Thyale Ferraz; 3) Blog Da Imaginação à Escrita, por Samantha Rosa.

Me arrisco a dizer que A Rainha da Primavera conquistou o coração dos leitores. Eu já adiei demais o lançamento da 2ª Edição, e agora é chegado o momento de dedicar todo o carinho que esse livro merece. Ouvi a opinião de muita gente e vou atender!

  • Vocês querem que a história seja mais longa. Então preparem-se para ler um capítulo extra, em que vocês descobrirão o que aconteceu com os personagens no final das contas.
  • Vocês querem o livro físico. Compreendo perfeitamente! Então lá vem uma edição super caprichada, com algumas ilustrações (eu adoro!) e impressão de alta qualidade.
  • Vocês querem uma capa nova. Há quem ame a antiga, mas ela não mostrava muito de Flora. Vamos recuar um pouco para poder vê-la melhor? E que tal se Dimitri aparecer também?

Vocês querem novidades, imagens, segredos, revelações. E, como autora, eu quero que vocês explorem Myríade ao meu lado, que encarem o perigo e vivam a aventura! Quero que sejam felizes ao ler, e vou me esforçar ao máximo para alcançar esse objetivo.

Autografando na feira do livro do colégio Liceu.

Autografando na feira do livro do colégio Liceu.

A Rainha da Primavera é um sonho construído em conjunto. Muito obrigada a todos vocês, leitores que pedem, sugerem, criticam, divulgam e estão sempre me acompanhando nessa jornada. Que se mantenha viva a chama da fantasia!

Do fundo do coração, espero que se encantem com as novidades.
Muitos beijos!
Karen Soarele

PS: Acompanhem a fanpage da Série Crônicas de Myríade, onde serão divulgadas mais informações sobre a 2ª edição, incluindo a nova capa!

Lançamento de Tempestade de Areia

Lindíssima noite! No dia 19 de abril foi o lançamento de Tempestade de Areia na livraria Leparole. Com o coração cheio de alegria recebi amigos, familiares, blogueiros, crianças e adolescentes. Agradeço a todos pela presença e espero que vivam uma aventura inesquecível nas páginas dos livros!

Bienal do Livro do Rio de Janeiro

Quem acompanha pelo Facebook já viu, mas eu não poderia deixar de publicar, também aqui no blog, as fotos do lançamento de Tempestade de Areia na Bienal do Livro do Rio. Foi um dia incrível! Conheci leitores, blogueiros, autores e editores, pessoas maravilhosas que espero rever em breve! Sem contar que o Rio é uma cidade lindíssima!

Além de ir à Bienal, também tive a oportunidade de visitar a Ediouro, editora para a qual eu presto serviços de ilustração e diagramação. Fui maravilhosamente bem recebida, e conheci tanto a parte editorial quanto as máquinas da gráfica. Pensem em uma editora gigantesca!!! AMEI!

Infelizmente não tirei fotos da editora (seria um pouco inapropriado), mas fiquem com as fotos da Bienal, que foi linda! Fiquei no estande da Modo Editora.